Artigo: SENTIDOS EM TRÂNSITO: POSSÍVEIS FORMAS DE SOCIABILIDADE A PARTIR DO COMANDO “CURTIR”, NA REDE SOCIAL FACEBOOK

  • Diego Henrique PereiraUnivás
Palavras-chave: Discurso. Facebook. Sociabilidade. Curtir, Discours, Facebook, Sociabilité, J’aime.

Resumo

A assim chamada evolução tecnológica e seus processos históricos têm produzido derivas nas formas de sociabilidade entre os sujeitos. Este trabalho busca analisar o funcionamento discursivo de redes sociais, de modo a compreender, a partir dos dispositivos teóricos e analíticos deste campo da ciência (Análise de Discurso), os sentidos de sociabilidade que se produzem na rede social Facebook. Tomou-se como recortes de análise materiais relativos à mesma rede mencionada anteriormente. A relevância da pesquisa reside na busca pela compreensão dos sentidos e mecanismos de sociabilidade, das diferentes e não estanques formas de “sociabilidade” na materialidade desta rede, por meio da compreensão da produção de sentidos no discurso. O sentido, ao poder sempre vir a ser outro, pela constituição, formulação e circulação, produz, por um lado, efeitos de controle e tentativa de contenção de deriva nos processos e formas de sociabilidade e, por outro, produzem dispersões, derivas, espaços de significação nos quais novos sentidos podem se produzir.  Résumé: La soi-disant évolution technologique et ses processus historiques ont produit des dérives dans les formes de sociabilité entre les sujets. Ce travail vise à analyser le fonctionnement discursif des réseaux sociaux, afin de comprendre, à partir des dispositifs théoriques et analytiques de ce champ de la science (analyse du discours), les significations de la sociabilité qui sont produites dans le réseau social Facebook. Des matériaux ont été prises dans le réseau mentionné ci-dessus. La pertinence de la recherche réside dans la recherche de la compréhension des sens et des mécanismes de sociabilité, des formes différentes et non scellées de «sociabilité» dans la matérialité de ce réseau, à travers la compréhension de la production de significations dans le discours. Le sens, pour pouvoir toujours en devenir un autre, par constitution, formulation et circulation, produit d’une part des effets de contrôle et tente de contenir la dérive des processus et des formes de sociabilité et, d’autre part, produit des dispersions, dérives, espaces d’importance dans laquelle de nouvelles significations peuvent être produites.

Biografia do Autor

Diego Henrique Pereira, Univás
Doutorando em Ciências da Linguagem, Mestre na mesma área (Análise de Discurso); Certificação Internacional de Analista Comportal e Coaching; especialista em Gestão Estratégica do Capital Humano e Pedagogia Organizacional e Educação Corporativa; Graduado em Processos Gerenciais e Gestão Empresarial, e Formado como gerente de vendas pelo PTG (Programa de Treinamento de Gerentes) Grupo Friedman.Professor universitário e técnico em diversas áreas dos conhecimentos humanísticos, que engloba a Gestão e Administração; Palestrante Educacional e Organizacional e Consultor Organizacional, atuando na cidade de Varginha (MG) e região.

Referências

COSTA, Jurandir F. A Externalização da Subjetividade. Encantos e Contos, 2 abr. 2011. Disponível em: <https://encantosemcontos.wordpress.com/2011/04/02/a-externalizacao da subjetividade/>. Acesso em: 30 mai. 2016.

KIRKPATRICK, David. O efeito Facebook. Rio de Rio de Janeiro: Intríseca, 2011.

NEGROPONTE, N. A vida digital. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

NUNES, Silvia R. O discurso infográfico e a produção de uma posição-sujeito leitor de informação infografada. Revista Ecos, v.15, n. 2, p. 323-348, 2013.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. 5. ed. Campinas: Pontes Editores, 2007.

ORLANDI, Eni Puccinelli. A Linguagem e seu Funcionamento: as formas do discurso. 6. ed. Campinas: Pontes Editores, 2011.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Sentidos em fuga: efeitos da polissemia e do silêncio. In: CARROZA, Guilherme; SANTOS, Miriam dos; SILVA, Telma Domingues da. (orgs.) Sujeito, Sociedade, Sentidos. Campinas: RG, 2012.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de Discurso: princípios & procedimentos. 12. ed. Campinas: Pontes, 2015a.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Papel da Memória. 4. ed. Campinas: Pontes Editores, 2015b.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Postagens Recentes

Laçamento do Livro (SÓ)RISO?

O professor Doutor Diego Henrique Pereira acaba de lançar um livro sobre o sorriso. Na obra “(SÓ)RISO? O sorriso como discurso: pelo movimento do Gesto-Sentido”

Saiba mais »